Pesquisar este blog

Sindicato Evangélico

Quem sou eu

Minha foto
Curitiba, paraná, Brazil
Fundação Missionária do Brasil irmão(ã) você acha mesmo que a igreja atual está fazendo e cumprindo sua missão? nossos irmãos primitivos não exitaram em dar suas vidas para fazer a obra de Deus. essa fundação concentrará recursos para dar suporte as Missões Nacionáis e Internacionais. Também teremos alguns benefícios, para o povo de Deus, como Alimentação, Odontologia Básica, Medicina básica, e assim ampliaremos os benefícios aos irmãos em Cristo. A intenção não será tirar do dízimo ou das ofertas, e sim uma ajuda individual de cada membro da organização e então teremos recursos suficiente para atender os mais necessitados entre os cristãos.http://www.paginalucrativa.com.br/?id=1386

Seguidores

domingo, 15 de maio de 2011

Siga a Deus



A sociedade pode pressionar-nos no sentido de nos conformarmos com o seu modo de viver e pensar, mas ceder a essa pressão irá:
Primeiro: criar confusão sobre o lado que devemos estar;
E Segundo: eliminar nossa eficácia em servir a Deus.
Siga a Deus e não deixe que a cultura que o (a) cerca molde seus pensamentos e suas ações.
A Bíblia deve moldá-los.




A Lei de Deus

Ao ler sobre a lei de Deus, não a veja apenas como um conjunto de regras e
regulamentos sem sentido, feitas para dificultar a nossa vida.
A Lei nos mostra o que somos: pecadores que precisam de um Salvador.
A Lei nos mostra como viver diante de um Deus santo e justo, e como 
agradar a este maravilhoso Deus: obedecendo aos seus mandamentos.




Deus só quer o nosso bem

Algumas pessoas não entendem como funcionam as leis espirituais.
Deus nos proíbe de fazer algo a fim de não destruirmos a nós mesmos.
Da próxima vez que você sentir que está fazendo alguma coisa errada, 
lembre-se de que as conseqüências poderão ser o sofrimento, a morte e a 
separação total de Deus.




Verdadeira adoração

Quando oferecemos o melhor de nosso tempo, nossos talentos e bens a 
Deus, em vez de darmos a Ele algo manchado ou comum, mostramos o 
verdadeiro significado da adoração e testificamos sobre o valor supremo 
de Deus.




O perdão

Quando prejudicamos alguém, devemos procurar maneiras de consertar as 
coisas, e se possível deixar este alguém melhor do que antes de te-lô 
prejudicado.
Um perdão é a melhor maneira de consertar os prejuízos que nós damos a alguém.
Mudança interior

Devemos aprender a enfrentar a fonte de nossos problemas, especialmente quando essa fonte esta dentro de nós mesmos.
Mudar para escapar dos problemas dificulta a sua solução.
Os problemas arraigados em nós não são resolvidos por uma mudança de cenário.
Uma mudança de trabalho ou local poderá apenas desviar nossa atenção da necessidade de uma mudança em nosso coração.



Ire-se contra o pecado

Como podemos saber se a nossa ira é justificável?
Quando você ficar irado faça a seguinte pergunta a si mesmo:
Primeiro: Por que estou irado?
Segundo: Que direitos estão sendo violados (os meus ou os de outra pessoa)?
Terceiro: A verdade (um princípio de Deus) está sendo violada?
Se apenas os seus direitos estiverem em questão, é sábio manter os sentimentos de ira sob controle.
Se
a verdade estiver em jogo, a ira quase sempre é justificada, mas a
violência e a retaliação são formas erradas para expressa-lá.
À medida que nos assemelhamos mais a Deus, deve-nos revoltarmos contra o pecado, não contra as pessoas.




Deus opera no silêncio

Algumas vezes podemos pensar que Deus não esta operando grandes milagres em nossa vida.
Mas Ele costuma trabalhar de forma silenciosa para realizar os seus propósitos de longo prazo.



A satisfação Divina

Deus fica satisfeito quando não permitimos que nada fique entre Ele e nós.
Também se deleita em corações que estão preparados para receber a sua direção.




Tenha palavra

Quebrar uma promessa significa quebrar a confiança e até destruir um relacionamento com Deus e com as outras pessoas.
Analise se você fez alguma promessa importante a alguém ou a Deus.
Cumpra com suas promessas, seja um homem ou mulher de palavra.




Experiência de pai e mãe

Os filhos que ainda vivem com seus pais devem procurar a ajuda deles antes de tomarem decisões.
A experiência dos pais pode salvar os filhos de sérios enganos.
Os pais, por sua vez, devem exercer sua autoridade com cautela e graça.
devem permitir que os filhos aprendam através dos próprios erros, mas protegendo-os dos desastres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário