Pesquisar este blog

Sindicato Evangélico

Quem sou eu

Minha foto
Curitiba, paraná, Brazil
Fundação Missionária do Brasil irmão(ã) você acha mesmo que a igreja atual está fazendo e cumprindo sua missão? nossos irmãos primitivos não exitaram em dar suas vidas para fazer a obra de Deus. essa fundação concentrará recursos para dar suporte as Missões Nacionáis e Internacionais. Também teremos alguns benefícios, para o povo de Deus, como Alimentação, Odontologia Básica, Medicina básica, e assim ampliaremos os benefícios aos irmãos em Cristo. A intenção não será tirar do dízimo ou das ofertas, e sim uma ajuda individual de cada membro da organização e então teremos recursos suficiente para atender os mais necessitados entre os cristãos.http://www.paginalucrativa.com.br/?id=1386

Seguidores

quinta-feira, 11 de maio de 2017

O PECADO E A GRAÇA



“Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa. Porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça, que é de um só homem, Jesus Cristo, abundou sobre muitos. E não foi assim o dom como a ofensa, por um só que pecou. Porque o juízo veio de uma só ofensa, na verdade, para condenação, mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação. Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus CristoPois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a Graça sobre todos os homens para justificação de vida. Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos. Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graçapara que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reinasse pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor.” (Romanos 5:15-21).
A Justiça de DEUS, prioriza a condução do homem à vida eterna, que sempre foi o maior dos Propósitos de DEUS para todos nós.  DEUS não fez o homem para entregá-lo à morte, isto não faria sentido algum; afinal, DEUS é AMOR e nos ama. Por este motivo, veio JESUS, sem pecado, para nos resgatar das prisões do pecado e da morte eterna. Somente ELE poderia nos libertar, pois todos nós pecamos, e o pecado já é morte em si mesmo.

BONS MOTIVOS PARA LOUVARMOS A DEUS



 “Em Ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu Nome, ó Altíssimo. (Salmos 9:2). Ele é O ALTÍSSIMO, somente ELE;
“Louvai ao SENHOR todas as nações, louvai-O todos os povos. Porque a sua Benignidade é grande para conosco, e a Verdade do SENHOR dura para sempre. Louvai ao SENHOR.” (Salmo 117). Ele é Bom, é incomparável; jamais mente ou mentirá para nós;
“Eu me alegrarei e regozijarei na tua benignidade, pois consideraste a minha aflição; conheceste a minha alma nas angústias.” (Salmos 31:7). Ele nos livra da aflição e da angústia;
“Regozijar-me-ei muito no SENHOR, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas jóias.” (Isaías 61:10). Ele nos veste com roupas de salvação, e com o seu manto de justiça;
“Então Mardoqueu saiu da presença do rei com veste real azul-celeste e branco, como também com uma grande coroa de ouro, e com uma capa de linho fino e púrpura, e a cidade de Susã exultou e se alegrou.” (Ester 8:15). Ele nos faz como príncipes;
  “Alegrei-me quando me disseram: Vamos á Casa do SENHOR.” (Salmos 122:1); “Sião ouviu e se alegrou; e os filhos de Judá se alegraram por causa da tua justiça, ó SENHOR.” (Salmos 97:8). “Nós nos alegraremos pela tua salvação, e em nome do nosso Deus arvoraremos pendões; cumpra o SENHOR todas as tuas petições.” (Salmos 20:5). Ele nunca nos fecha as portas de sua Casa, onde podemos aprender sobre a sua Justiça e Salvação. É preciso  mais?

DEUS SE AGRADA DE VOCÊ “O SENHOR agrada-se dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia.” Salmo 147.11 A estupidez dos religiosos faz com que pratiquem coisas absurdas, pensando que estão agradando ao Pai celeste. Na maioria das vezes, esses atos irritam o Deus verdadeiro, justo e santo. Fabricar imagens, vendê-las, adorá-las ou reverenciá-las são ações que provocam a ira divina. O celibato, por exemplo, se não tiver sido uma ordem expressa do Senhor para alguém, é uma ofensa ao plano divino para a humanidade. Grande parte dos celibatários constitui-se de pecadores. O que significa o fato de o Senhor agradar-Se de alguém? Muitas coisas, pois o favor divino estará direcionado a esta pessoa. Aquele de quem Deus Se agrada vê que até seus desejos são supridos, pois a boa vontade dEle dirige até os mínimos detalhes de sua vida. Com isso, seus pés não resvalarão para nenhum atalho. O Pai bondoso não Se agrada de quem O bajula com palavras vazias, desprovidas de unção divina. Os que O temem são aqueles que respeitam Sua Palavra, cumprem Sua vontade e fazem o que lhes foi ordenado. Sem dúvida, podemos dizer que Davi era um homem segundo o coração de Deus, porque respeitava e cumpria tudo o que Ele lhe ordenava. Além dos que temem o Altíssimo, há outro grupo do qual o Senhor Se agrada – os que esperam em Sua misericórdia. A única explicação de certas coisas acontecerem é que o diabo está por trás delas. Quando isso sucede, sem que se tenha plantado a má semente, o melhor a fazer é esperar que a misericórdia de Deus dê o escape. Isso também agrada a Ele. Quem, de fato, deseja agradar a Deus deve temê-lO e agir sempre sobre o que a Sua santa misericórdia já fez por todos nós. Foi esse dom maravilhoso do Pai celeste que enviou Seu Filho para morrer em nosso lugar. Cristo sofreu as nossas doenças e foi moído pelos nossos pecados. Então, quem acredita nessa informação e recusa-se a aceitar qualquer doença ou tentação por causa do sacrifício de Jesus agrada plenamente a Deus. Nossas atitudes não somente demonstram o que teremos e seremos na eternidade, mas também nos preparam para, verdadeiramente, sermos felizes ao lado do nosso Salvador. Quem não se esforça para agradar ao Senhor, quando chegar o dia do ajuste de contas, verá que Ele também não terá prazer algum em levar tal pessoa para Sua Casa. É aqui que provamos se O amamos ou não. Portanto, enquanto estiver neste mundo, prepare-se para fazer o Senhor ficar satisfeito com sua conduta e, assim, você garantirá uma vida